Sorocaba terá TV Digital ainda este ano

Felipe Shikama
felipe@jornalipanema.com.br

Televisão aberta, e gratuita, com qualidade de som e imagem de DVD. Ainda neste ano, os sorocabanos poderão desfrutar da programação das emissoras locais, a TV TEM, afiliada da Rede Globo, e TV Sorocaba, afiliada do SBT, em alta definição, gerados a partir de sinal digital.

Os termos de consignação às emissoras sorocabanas foram assinados no dia 14 deste mês, em Brasília, pelo diretor da TV TEM, J. Hawilla, e pela diretora da TV Sorocaba, Tânia Pavlovysky, juntamente com o Ministro das Comunicações, Hélio Costa.

A partir da próxima segunda-feira (27), a TV TEM passa a transmitir oficialmente sua programação também pelo sistema digital. “Sorocaba é a nossa maior cidade dentro das 318 cidades cobertas pelas quatro emissoras da TV TEM e também é a cidade que centraliza toda a nossa rede. Então, nada mais justo que a gente começasse por aqui, até porque aqui, em Sorocaba, é onde temos a estrutura mais moderna”, conta André Bastos, diretor regional da TV TEM.

A TV Sorocaba, filiada do SBT, também espera iniciar as transmissões de sua programação em sinal digital, simultaneamente ao analógico, ainda este ano. “A previsão é transmitirmos oficialmente em novembro, que é quando vamos comemorar os 19 anos da TV Sorocaba”, revela a diretora da emissora, Tânia Pavlovsky.

Para o secretário de Comunicação de Sorocaba, Valter Calis, a adesão das duas emissoras sorocabanas ao sistema digital demonstra que a cidade está na vanguarda das novas tecnologias. “Sorocaba dá um passo à frente em relação às outras cidades. Já na era digital, ela mostra o seu valor como cidade em franco-desenvolvimento e não podíamos ficar atrás neste aspecto tecnológico da comunicação brasileira”, comemora.

De acordo com Calis, a transição para a transmissão digital, atualmente vivida por Sorocaba, é mais significativa do que o momento em que a TV com imagens em preto e branco deu lugar à TV de imagens de coloridas. “Hoje, neste momento, a gente ganha muito em melhora na qualidade de imagem e som, mas a médio e longo prazo, com possibilidades de interatividade nós vamos ganhar muito mais”, defende.

O secretário também participou da cerimônia de assinatura das consignações, semana passada, em Brasília. Ele conta que a Secretaria de Comunicação desempenhou papel de incentivadora do processo de modernização da televisão local. “Nosso papel foi apenas o de incentivador, motivando a inclusão desta nova tecnologia para a nossa região”, diz Calis.

Mesmo com a possibilidade de assistir a programação da Rede Globo e do SBT em alta definição, o telespectador sorocabano não precisa se preocupar, e sair correndo às lojas para adquirir um televisor de alta definição de plasma ou LCD.

Pelo cronograma definido pelo Ministério das Comunicações, todas as emissoras brasileiras terão até o final de 2012 para transmitir integralmente em sinal digital. Até lá, elas, obrigatoriamente, deverão continuar também emitindo sua programação em sinal analógico.

“O telespectador não é obrigado a comprar uma TV de alta definição para receber o sinal digital. O que ele vai precisar fazer, por enquanto, se quiser ter a TV digital, é comprar o decodificador de sinal digital para receber estas imagens – que são gratuitas. (O telespectador) já vai ter uma melhora, apesar de as TVs antigas terem uma resolução de imagens inferior às TVs de plasma e LCD, explica Calis.

“A estimativa é de que o preço do “set up box”, o equipamento conversor para sinal digital, varie entre R$ 150 a R$ 400. “Eu acredito que se o comércio local ainda não está vendendo este equipamento, nos próximos dias ele já comece a disponibilizar este produto para o consumidor”, diz o secretário.

Interatividade ainda não é realidade no país

Entre os aspectos inovadores da tv digital, além da alta qualidade de som e imagem, o sistema nipo-brasileiro de TV digital permite que o usuário/telespectador assista às programações televisivas dentro de veículos em movimento, sem que a imagem ou o som falhe. Com o sistema digital, o usuário também poderá assistir em celulares, PDAs, Palm Tops ou Notebooks.

“A tecnologia digital, além da qualidade superior, para televisores que estão aptos para receber, ela permite a questão da mobilidade e da portabilidade. Então você pode ver TV pelo telefone ou em um aparelho instalado dentro do carro, por exemplo”, explica André Bastos, diretor regional da TV TEM.

O padrão de TV adotado no Brasil, com plataforma baseada no padrão japonês, ao contrário do modelo americano, permite tecnicamente ainda a possibilidade do usuário interagir com a programação como, por exemplo, consultar dados sobre os atores do filme que está sendo apresentado, o resumo do que aconteceu na novela até o capítulo anterior, notas sobre o time que está jogando, entre outras informações.

O aspecto da interatividade, no entanto, ainda parece estar longe de se tornar realidade no país. “Está tendo muita discussão sobre qual o softwere que vai permitir este recurso. Além disso, vai ser necessário pensar ainda em qual será a melhor forma para que a interatividade aconteça. Por enquanto, vamos desfrutar apenas da qualidade da imagem e da portabilidade”, conta a diretora da TV Sorocaba, Tânia Pavlovysky.
Na mesma linha, o secretário de Comunicação de Sorocaba, Valter Calis, afirma que a questão da interatividade ainda é um caminho a ser desbravado pelas emissoras de TV e pelos seus produtores. No entanto, ele afirma que o softwere que promete fazer este trabalho de interatividade já foi desenvolvido e escolhido como padrão para o Brasil. “Ele foi desenvolvido pela PUC do Rio de Janeiro, mas é um processo de aprendizado para todos nós”.
Para André Bastos, o advento da interatividade nos televisores deverá potencializar novas possibilidades comerciais. “Certamente a interatividade vai gerar inúmeras alternativas de negócio, mas a gente ainda não sabe exatamente como isto vai caminhar. Mas que deverá haver, sim, uma convergência de valores, até mesmo do ponto de vista cultural. Por exemplo, você vai estar assistindo a novela Caminhos das Índias e, em determinado momento, apertar o controle remoto da televisão para saber o que quer dizer harebaba”, explica.
Já a doutora em Comunicação, Mirna Tonus, avalia que a possibilidade de interatividade por meio dos aparelhos televisores terá maior força no Brasil no aspecto comercial. “Infelizmente, a meu ver, a tão falada interatividade se dará mais do ponto de vista comercial. Isto é, comprar um livro de um autor que está sendo entrevistado, por exemplo, do que interação realmente, que seria a troca de informações entre as pessoas e que teria muitíssima utilidade do ponto de vista da educação, a exemplo do que acontece no modelo europeu”.

Investimentos

A legislação brasileira prevê que até o final de 2012 as emissoras de televisão, obrigatoriamente, continuem transmitindo também em sinal analógico. “É como se nós estivéssemos funcionando com duas emissoras ao mesmo tempo. Uma digital e outra analógica”, conta a diretora da TV Sorocaba, Tânia Pavlovysky.
Filha do fundador da TV Sorocaba e da rádio Vanguarda, Salomão Pavlovysky, ela compara a transição para a TV digital com o momento em que a rádio FM era novidade no país. “A gente está em um momento igual ao quando o meu pai instalou a primeira rádio FM em Sorocaba. O AM todo mundo tinha, mas o FM ninguém sabia o que era. O meu pai dizia que era uma coisa que iria se popularizar a longo prazo. Ele enfrentou muitos desafios para fazer com que as lojas vendessem rádios FM. Creio que o mesmo vai acontecer com a TV digital”, avalia.
A aquisição dos equipamentos para a transmissão digital, revela Tânia, atingem R$ 2 milhões. “O investimento não foi maior porque, internamente, nós já estávamos adaptados para a transmissão digital”, conta Tânia. Além da emissora do SBT instalada na capital paulista, a TV Sorocaba, segundo ela, será a primeira matriz do estado de São Paulo a transmitir seu sinal pelo sistema digital.
Já o diretor da TV TEM, André Bastos, afirma que é política da empresa não revelar os valores investidos, mas também acrescenta que parte dos equipamentos não precisarão ser trocados, já que a emissora instalada em Sorocaba é considerada uma das mais modernas do país. “Quando criamos a emissora, já estávamos fazendo um estudo que previa a conversão para o sistema digital, Nossas câmeras, por exemplo, não usam fita, elas chegam em cartões digitais, que são gravados em dados, e não em fitas magnéticas”, diz Bastos.

O que é TV Digital?

 

É uma nova tecnologia de transmissão de sinais de televisão, que vai proporcionar gratuitamente ao telespectador melhor qualidade de imagens e sons e uma série de novos benefícios, tais como ver televisão quando em deslocamento (mobilidade) e interagir com os programas (interatividade).

  

O que muda com as transmissões digitais?

 

Com as transmissões digitais, a televisão terá uma imagem sem fantasmas ou chuviscos, nítida, com som comparável ao de um CD.

Além desses são vários os benefícios que a TV Digital trará ao espectador:

 

–         Alta Definição: Programas poderão ser transmitidos em formato e qualidade de cinema, a chamada tela de cinema, ou 16:9.

–         Som Multicanal:  À similaridade do que ocorre em DVDs, o som poderá ser surround.

–  TV Móvel e Portátil: Haverá a possibilidade de assistir TV dentro de carros (ou ônibus, trens, barcos etc) em movimento, sem que a imagem ou o som falhe. O usuário também poderá assistir em celulares, PDAs, Palm Topss, Notebooks, Lap tops etc.

–  Interatividade: As emissoras poderão também disponibilizar ao telespectador informações adicionais sobre a programação, tais como dados sobre os atores do filme sendo apresentado, resumo do que aconteceu na novela até o capítulo anterior, notas sobre o time que está jogando etc. Para ver essas informações adicionais, o telespectador interagirá com seu conversor digital ou com seu televisor já integrado.

(Fonte: Sociedade Brasileira de TV Digital)

Anúncios

Um comentário sobre “Sorocaba terá TV Digital ainda este ano

  1. Querido Felipe,

    muito bem-feita a reportagem, bem-apurada e contemplando os vários lados da questão. Orgulho-me de dizer que você foi meu aluno. Sucesso sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s