Jovens namorados revelam detalhes da relação à distância

Felipe Shikama

Numa de suas incansáveis tentativas de definir o que é o amor, o poeta Vinícius de Moraes sentenciou: “Amar é querer estar perto, se longe; e mais perto, se perto”.

Querer estar perto do seu amor, sobretudo neste 12 de junho, Dia dos Namorados, é o maior desejo da publicitária Karina Escobar, 22 anos, namorada de Gabriel há cinco.

Há três meses o estudante de Comércio Exterior se despediu de Karina no aeroporto, antes de decolar para Brisbane, na Austrália, para estudar inglês até o final do ano. O namoro, porém, continuou.

A dor da distância entre os dois corações, separados por um Oceano Pacífico, segundo Karina, é amenizada com a ajuda da internet e seus programas de comunicação instantânea. “Aos finais de semana é quando conversamos mais porque temos tempo livre e é quando fico até a madrugada falando com ele através do Skype, até um dos dois chegar ao limite do sono”, revela a jovem.

Karina aponta o fuso horário de 12 horas como o elemento mais complicador da doída relação mantida à distância. “É complicado porque eu trabalho e ele estuda. Os nossos horários não batem. Às vezes, dá desespero em não ter ele por perto nas horas em que mais preciso”, lamenta.

Quando o assunto é amor, a distância entre a publicitária e o estudante noutro continente parece não ser menor que a do jovem empresário Helton Hidalgo, 27 anos, e sua namorada Gabriela, 23 anos, que faz faculdade de Odontologia em Araraquara, a cerca de 300 quilômetros de Sorocaba. “Há cinco anos a gente começou a namorar. Logo depois ela passou na faculdade e foi estudar em Araraquara. Ela já está no último ano, mas até hoje não me acostumei e acho que nunca vou me acostumar”, comenta Helton.

 

Relação fortalecida

Segundo o empreendedor do ramo de massas, a ausência da namorada, preenchida a cada 15 dias, acaba contribuindo positivamente com sua dedicação integral ao trabalho. Além disso, revela Helton, este certo distanciamento faz com que a relação não se desgaste com tanta facilidade. “A vantagem é que você não enjoa. Se você fica muito tempo junto, cansa, satura muito”, avalia.

A necessidade de dividir diariamente momentos e sonhos com sua namorada, porém, curiosamente parece obrigar Helton a procurar os melhores planos e promoções de companhias de telefone celular. “A gente se fala o dia inteiro, o tempo todo. Eu amo minha namorada e quero me casar com ela”, acrescenta.

Três anos foi o tempo que durou a distância entre a sociologa Francine Modesto, 24 anos e o administrador de empresas, Renato, 27 anos. A jovem, que estudava e trabalhava em São Paulo, e costumava ver seu namorado apenas aos finais de semana, retornou a Sorocaba e hoje defende a tese de que a distância entre os namorados, de certa forma, contribui com o fortalecimento da relação. “A distância instiga uma saudade única, uma vontade imensa de querer estar junto e acho que isso mantém a chama do amor acesa de uma forma diferente. É como se a paixão que existe no começo nunca terminasse, algo que a convivência diária tira um pouco. Nesse sentido, sem dúvida a distância fortalece a relação”, avalia.

Ciúme e superação

Karina Escobar admite haver ciúme na relação, mas destaca que, na sua relação, a confiança é maior do que qualquer distância. “Sempre rola aquele ciúme, sim. Mas dou total liberdade para ele sair com os colegas dele e ele a mim. Nós confiamos muito um no outro, confiança que foi construída ao longo dos anos. Sei que ele me ama assim como o amo, então não há motivos para ficar brigando por ciúme. Acredito que o ciúme não é nada mais do que o medo de perder alguém, mas o que tiver que ser seu ninguém tira”, orienta a jovem que conta os dias com a volta do seu namorado ao Brasil.

Francine reconhece o valor e a importância de programas corriqueiros como um simples jantar no meio da semana em companhia do namorado. Segundo ela, o tempo em que ficou relativamente distante do seu companheiro contribuiu, de alguma forma, para fortalecer sua relação. “Acho que esse tempo de namoro à distância só nos deu a certeza de querer estarmos juntos e ano que vem queremos nos casar”, anuncia ela que, pela primeira vez em quatro anos, vai comemorar o Dia dos Namorados ao lado de Renato.

Anúncios

Um comentário sobre “Jovens namorados revelam detalhes da relação à distância

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s