Lula destaca investimento; Goldman e Lippi são vaiados

 Felipe Shikama

Em cerimônia de inauguração da unidade Sorocaba, da Universidade Federal de São Carlos, nesta sexta-feira ( 20)o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) evitou falar de temas políticos ou eleitorais.

Segundo ele, o investimento em educação mudou o “paradigma da desigualdade” do País. “Parece ironia do destino que seja o primeiro presidente da República sem diplima universitário a ser o presidente que mais universidades federais fez no Brasil”, comentou.

Antes do pronunciamento de Lula, que durou cerca de 30 minutos, o prefeito Vitor Lippi (PSDB) e o governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), receberam vaias do público ao terem seus nomes citados pelo cerimonial. “Eu compreendo algumas manifestacoes políticas, elas são democráticas. Mas o importante é que nós temos conseguido boas parcerias com o governo estadual e com o governo federal”, minimizou Lippi.

Já Goldman elevou o tom da voz, para ser ouvido em meio ao coro de protestos de servidores do Judiciário paulista, em greve há 115 dias. “O Lula me conhece, sabe muito bem quem eu sou, de onde eu vim, e eu não me abalo com absolutamente nada”, afirmou o governador.

Campus em expansão

O Campus Sorocaba está instalado numa área de 70 hectares e sua infraestrutura conta com edifícios de Gestão Administrativa e Gestão Acadêmica, 17 salas de aula, 15 laboratórios de Ensino e Pesquisa e três de Informática, além de restaurante universitário, biblioteca, quadra de esportes, vestiário e Oficina de Ensino.

Atualmente, o campus possui 13.111,40 metros quadrados de área construída, sendo 1.200 m2 de laboratórios destinados à pesquisa científica. Novas obras estão em andamento como a construção de um edifício, com uma área de 8.320 metros quadrados, que abrigará 30 novos laboratórios, 14 salas de aula, além de auditório para 146 pessoas, sala de professores, sala técnica, copa e sanitários e mais 646,36 m2 destinados para a pesquisa científica. “Toda essa infraestrutura dá suporte para o trabalho de 156 docentes e 82 técnico-administrativos”, afirmou o reitor da UFScar, Targino de Araújo Filho.

Em entrevista coletiva concedida na quinta-feira (19), o diretor do campus Sorocaba, Isaías Torres, destacou que em 2010, foram ofertadas no Vestibular 620 vagas distribuídas entre 14 cursos de graduação. “Com a chegada de novas turmas a cada ano, a projeção de alunos na graduação para o ano de 2011 é de 2.600 estudantes, e para 2012 é de 3.220 alunos”.

Inaugurações simultâneas

 Simultaneamente à inauguração da UFSCar, o ministro da Educação, Fernando Haddad, inaugurou o câmpus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Curitibanos (SC). Em cerimônia transmitida em telão instalado no câmpus da UFSCar de Sorocaba, Haddad afirmou que o governo federal vai construir 134 campi de universidades federais até 2012 e alcançar pelo menos mil municípios brasileiros com programas de expansão do acesso ao ensino superior.

Evitando falar em assunto eleitoral, Lula fez uma autoavaliação de sua gestão que se encerra no dia 31 de dezembro deste ano. “Eu termino meu mandato fazendo aquilo que eu disse no começo, em 2003. Primeiro eu vou fazer o possível, depois vou fazer o necessário e quando menos se esperar nós estaremos fazendo o impossível”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s