Uma data para reflexão

Caros (as), reproduzo aqui, artigo do meu amigo Josué Lima, militante do Movimento Hip Hop e coordenador da Posse Rima e Revolução. Boa semana!

Por Josué Lima

Em nosso trabalho de catalogação dos livros na biblioteca comunitária do Parque das Laranjeiras, encontrei um livro de 1964 onde de forma direta e cínica defendia a escravidão no Brasil. Fiquei pensando o quanto a mídia principalmente naquele período da história nacional legitimava essa desumanidade que foi a escravidão no Brasil.

Em Sorocaba o dia 20 de Novembro é feriado Municipal, no Brasil mais de 700 municípios comemoram a data como feriado e muito em breve o congresso nacional aprovara feriado nacional, como data para reflexão.

O Dia da Consciência Negra é uma data para a reflexão de todos nós brasileira. Durante o período da escravidão, os negros sofreram inúmeras injustiças. E à custa do seu sofrimento nas senzalas, nos campos e nas cidades, foi erguido tudo o que havia no Brasil daquela época. Os negros resistiram de diversas formas, nas muitas revoltas, fugas e com a formação de quilombos em várias partes do país. Assim, surgiu o Quilombo dos Palmares e o seu sonho de liberdade, que teve como principal líder Zumbi.

Veio a Abolição em 1888, o Brasil mudou e hoje é uma das maiores economias do mundo. No entanto, os negros continuaram em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras ancestralmente ocupadas no campo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades. Sua luta, inspirada em Zumbi e em outros heróis negros que tombaram ao longo do caminho, precisava continuar.

Zumbi foi morto em 20 de novembro de 1695, e seu corpo foi exibido em praça pública para semear o medo entre os escravos e impedir novas revoltas e fugas. Mas o efeito foi oposto, despertando em muitos a consciência de que era preciso lutar contra a escravidão e as desigualdades, como Zumbi ousou fazer. A memória deste herói nacional, no Dia da Consciência Negra, nos compromete com a construção de uma sociedade na qual todos tenham não apenas a igualdade formal dos direitos, mas a igualdade real das oportunidades. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s