Banco de Olhos comemora resultados e destaca novos investimentos para 2011

Reportagem: Felipe Shikama / Fotos: Juliana Moraes

Como uma coroa de louros, os dois prêmios conquistados no Concurso de Decoração Natalina do município consagraram o fechamento de um ano brilhante e iluminado do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS).

O resultado da premiação foi anunciado na noite de segunda-feira (20) e comemorado pelo presidente da instituição, Pascoal Martinez Munhoz, e toda a sua equipe de funcionários e colaboradores.

O BOS, que fica no Jardim Emília, recebeu 129,5 pontos do júri e conquistou o 2º lugar na categoria “imóveis comerciais”. Na mesma categoria, a escola mantida pela instituição, primeira e única da cidade a obter certificado ISO 9000, recebeu 130 pontos e ficou com a 3ª colocação.

Prêmio ainda maior e mais iluminado, contudo, foi o da manicure Cristiane Queiroz Pereira Santos, de 36 anos, e de outras 2.500 pessoas que até o fechamento desta reportagem, graças a um transplante de córnea feito no Hospital Oftalmológico de Sorocaba (HOS), poderão (re) descobrir beleza das luzes que enfeitam a cidade e anunciam o Natal. “Durante cinco anos eu dependi dos outros para tudo. Eu não podia sequer tomar ônibus sozinha. Agora, depois da cirurgia, eu reconquistei a minha independência”, comemora.

Depois de 4 anos sem visão, a manicure Cristiane Queiroz Pereira Santos voltou a trabalhar

Depois de quatro anos “vivendo no escuro”, Cristiane afirma ter recuperado a independência plena, tanto para os afazeres domésticos quanto para o retorno ao trabalho. Entusiasmada, a moradora do Parque São Bento conta que apenas um dia após ter sido submetida ao transplante de córnea lamelar no olho esquerdo, no final de março deste ano, já havia “voltado a ver tudo” e em poucas semanas “já estava pintando unhas novamente”. “Fazer a cirurgia e voltar a enxergar foi uma vitória e uma alegria que eu não tenho nem palavras”, conta.

Em 2010 o BOS foi responsável pela realização de 44% dos transplantes de córnea realizados em todo o Estado de São Paulo. Além disso, por meio do Mutirão da Catarata, a instituição realizou cirurgia em outros 3.400 pacientes.

Entre as centenas de pessoas que sofriam de catarata e restabeleceram a boa acuidade visual está a aposentada Genny Lopes Klein, 70 anos, que no dia 4 de dezembro operou o olho esquerdo e aguarda ansiosamente o dia 20 de janeiro, quando será submetida ao mesmo procedimento, no olho direito. “Eu estou indo muito bem, não tenho o que reclamar. Só agradecer mesmo. Minha visão já estava bastante comprometida. Agora, graças a Deus, eu já consigo ler a Bíblia e até separo o feijão sozinha”, celebra emocionada.

Mutirão e investimentos

Além de realizar atendimentos particulares e também por meio de convênios, grande parte dos pacientes ingressa no Mutirão da Catarata por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). É o caso de dona Genny, que após se consultar no posto de saúde do Éden, bairro onde mora, foi encaminhada ao HOS, onde foi diagnosticada e, logo em seguida, submetida à cirurgia. O Mutirão da Catarata segue até junho de 2011. “Isso é um ganho importante para a população porque a catarata é uma cegueira evitável,”, destaca Martinez Munhoz, lembrando que a “porta de entrada” para o atendimento é a rede básica de saúde.

Após cirurgia de catarata, dona Genny reconquistou a independência: agora posso separar o feijão sozinha

Entre os diversos aspectos que coroam o ano de trabalho realizado pelo Banco de Olhos de Sorocaba, o presidente Martinez Munhoz destaca a aprovação da compra de um equipamento de última geração, avaliado em 600 mil dólares que será usado para tratamento de presbiopia, a chamada “vista cansada”, que acomete principalmente pessoas com mais de 40 anos. “Esse equipamento vai atender um segmento muito importante da sociedade, porque a população está envelhecendo. Com certeza ele vai oferecer melhor qualidade de vida à população”, comemora Martinez Munhoz, que, em gesto humilde, só aceita ser fotografado se for ao lado de demais colaboradores da instituição.

Segundo ele, o protocolo de intenções já foi assinado, mas a chegada do aparelho importado depende de aprovação da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Como não tem similar no país, é uma burocracia violenta”, afirma.

BOS deverá inaugurar o Centro de Reabilitação Visual, Auditiva e de Portadores de Necessidades Especiais

Ainda no primeiro semestre de 2011, o BOS deverá inaugurar o Centro de Reabilitação Visual, Auditiva e de Portadores de Necessidades Especiais. “Já temos o local e os equipamentos. Será aqui próximo ao hospital. Teremos equipes multiprofissionais para dar suporte a essas pessoas, para que possam garantir a sua inclusão social e sua cidadania”. Os detalhes e os critérios para o atendimento ainda serão definidos, possivelmente em parceria com as secretarias de Saúde de Sorocaba e do governo estadual. 

“Reter é perecer”

Ao final de mais um ano sem fila de espera para transplante de córnea no Estado de São Paulo, a direção do BOS se articula para espalhar o conhecimento para os demais estados do país como Ceará, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. “Reter é perecer, então tudo o que nós temos aqui nós queremos passar para as nossas coirmãs. Nós somos formadores de mão-de-obra e conseguimos acabar com a fila, que durava entre três e quatro anos. Para se ter uma ideia, em todo o Estado do Rio de janeiro, por exemplo, não há sequer um único banco de olhos”, ressalta.

“O segredo do nosso resultado é um só: trabalho, trabalho, trabalho”, revela o presidente da instituição, que poderá ser o primeiro hospital do país a receber certificado ISO 9000 para o curso de residência médica.

Como se pudesse ouvir a declaração de Cristiane, Genny e outras centenas de pacientes que voltaram a enxergar, Munhoz reproduz o sentimento de gratidão daqueles que, após o transplante de córnea, terão um Natal literalmente iluminado. “Gostaria de agradecer a população, particularmente os familiares dos doadores de córnea que, graças a eles, muitas pessoas recuperaram a visão. Isso serve de exemplo para nossa cidade e nosso país”, conclui.

Anúncios

2 comentários sobre “Banco de Olhos comemora resultados e destaca novos investimentos para 2011

  1. estou com a visao muita pouca faixa de 5por cento no olho direito e 30por cento
    no olho esquerdo. pois estuo com muita cotarata nos olhos; por favor algem pode
    mim ajudar urgente, pois estuo praticamente cego.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s