Banco do Povo já emprestou quase R$ 5 milhões em 11 anos

Texto e fotos: Felipe Shikama

Uma festa, realizada pela Secretaria de Relações do Trabalho nesta quinta-feira (16), comemorou os 11 anos de existência do Banco do Povo Paulista (BPP) em Sorocaba.

Neste período, a unidade local já firmou contratos com 1.527 microempreendedores, disponibilizando R$ 4.958.225,00 em crédito – seja para capital de giro (como compra de mercadorias e matérias-primas), seja para investimento fixo (compra de máquinas, equipamentos e ferramentas).

Secretário de Relações do Trabalho, Luiz Alberto Firmino destaca que o banco, gerido em parceria entre prefeitura e governo estadual, tem a menor taxa de juros do mercado 0.7 % ao mês

Secretário de Relações do Trabalho, Luiz Alberto Firmino destaca que o banco, gerido em parceria entre prefeitura e governo estadual, tem a menor taxa de juros do mercado: 0.7 % ao mês. “Sorocaba tem uma veia empreendedora muito grande, Nós temos a visão de que não importa só ceder o crédito, mas estimular a perenização do negócio. O Banco do Povo tem como objetivo ser uma alavanca para que a gestão do negócio prossiga de forma independente”.

Responsável pelo BPP em Sorocaba, o agente de crédito Marcos Aurélio de Souza Lensk explica que, diferentemente de bancos privados, o Banco do Povo não concede empréstimo em dinheiro, mas em crédito.

Empréstimo de Johnny Amadeu potencializou investimentos

É o caso do microempreendedor Johnny Amadeu que, há pouco mais de um ano, abriu uma lanchonete no Centro de Sorocaba. No início, ele pagava R$ 400,00 por mês pelo aluguel de uma máquina de café expresso. Buscou empréstimo no Banco do Povo, que financiou a aquisição da mesma máquina, que custa R$5.200. “Estou pagando (o banco) em trinta e seis meses. Se eu continuasse pagando aluguel (da cafeteira), nesse período eu teria gasto 14 mil reais e a máquina não seria minha”, detalha.

Amadeu atesta que conseguiu o empréstimo sem burocracia. “Fui lá e na mesma semana eles concederam o financiamento”. “Se eu soubesse, teria buscado o Banco do Povo antes”, acrescenta. O microempreendedor pretende antecipar a amortização das parcelas para realizar um novo empréstimo. “Quero me estocar para o mês de dezembro, que é a época mais forte do ano. No ano passado eu passei aperto porque faltava mercadoria”, acrescenta.

Responsável pelo Banco do Povo em Sorocaba, Marcos Aurélio de Souza Lensk explica que, diferentemente de bancos privados, a instituição não concede empréstimo em dinheiro

Responsável pelo Banco do Povo em Sorocaba, Marcos Aurélio de Souza Lensk explica que, diferentemente de bancos privados, a instituição não concede empréstimo em dinheiro

Novos negócios
De acordo com análise recentemente elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), as 449 unidades do Banco do Povo Paulista apresentaram, juntas, crescimento de 50% do número de contratos nos últimos três anos. Por outro lado, o volume de crédito apresentou queda de 41,61%.

“O intuito é exatamente esse. Atender mais empreendedores menores, que, muitas vezes, precisam apenas de uma pequena ajuda para dar impulso ao seu negócio”, explica Lensk.

Ainda de acordo com a Fipe, Sorocaba ocupa o terceiro lugar no ranking das cidades com maior número de assinaturas de contratos, ficando atrás apenas de Campinas e São Paulo.

Perfil empreendedor
O estudo aponta ainda uma análise do perfil dos microempresários que recorrem a empréstimos do Banco do Povo Paulista.

Segundo o levantamento, os empréstimos tendem a se concentrar em três grupos grupos etários: 30 a 39 anos, 40 a 49 anos, e 50 a 59 anos de idade. Todavia, este último grupo vem perdendo participação ao longo do tempo, principalmente em favor de indivíduos mais jovens “notadamente o grupo abaixo de 24 anos e o grupo entre 25 e 29 anos”.

Com apenas 18 anos, o jovem Ewerton Pegorelli dá os primeiros passos como microempreendedor

Com apenas 18 anos, o jovem Ewerton Pegorelli dá os primeiros passos como microempreendedor. Há três anos ele trabalha como distribuidor independente de suplementos alimentares naturais, mas, a cerca de um mês, decidiu investir mais fortemente em seu negócio. “Estava faltando capital de giro para estocar mais produtos, mas os juros dos bancos privados são muito elevado. Eu estava no ônibus e vi um cartaz do Banco do Povo. Entrei no site e, na mesma semana, consegui o empréstimo de R$ 2 mil”, comenta.

Participação feminina
Além de aumento de empreendedores jovens, o relatório da Fipe também destaca a crescente participação feminina. De acordo com o documento, o sexo feminino aumentou sua participação ao longo do período, sendo esse aumento mais significativo na distribuição de acordo com o valor dos contratos. “Ou seja, as mulheres não só aumentaram sua participação, como também o valor médio de seus empréstimos”, aponta o estudo.

Prova da participação feminina à frente dos negócios pode ser ilustrado no caso de Ana Karina Terron que, junto da sua irmã, abriu há três meses uma loja de artigos femininos na Rua da Penha.

As sócias se capitalizaram no Banco do Povo para adquirir bijuterias, perfumes e peças de decoração, inclusive, antecipar a quitação do empréstimo para realizarem novo empréstimo. “É de grande ajuda para os empreendedores. A taxa (de juros) é pequena, o que dá um respiro muito grande”, comenta.

Ana Karina Terron buscou empréstimo para adquirir produtos para sua loja

Ana Karina Terron buscou empréstimo para adquirir produtos para sua loja

Ela conta que, além dos juros reduzidos, outra vantagem para os microempreendedores que buscam crédito no Banco do Povo é o possível desconto com fornecedor. “Com o crédito, a gente compra à vista, então a gente consegue até 25% de desconto, dependendo do volume da compra”, acrescenta Ana Karina. (Para Jornal Ipanema)

Serviço

Os interessados podem fazer seu cadastro por meio do site http://www.bancodopovo.sp.gov.br ou pessoalmente no Banco do Povo, que atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, na Unidade Seminário da Prefeitura de Sorocaba, que fica na Avenida Dr. Eugênio Salerno, 140, no Centro. Informações pelos telefones 3237-4878 ou 3237-4881.

Anúncios

Um comentário sobre “Banco do Povo já emprestou quase R$ 5 milhões em 11 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s